Advogado Lauro Coimbra Martins é nomeado Juiz Titular do TRE-ES

O ato de nomeação do Presidente foi publicado no Diário Oficial da União. 

O advogado foi nomeado pela Presidência da República para compor como Juiz Titular, pela classe dos Juristas, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES).

Lauro Coimbra já é juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES). Com a nomeação presidencial, se torna titular, ocupando a vaga dos juristas, antes preenchida por Rodrigo Júdice.

A lista com três nomes enviada ao Presidente, a chamada lista tríplice, foi uma das mais concorridas da história do TRE-ES. Além de Lauro Coimbra, disputavam a vaga o procurador do Estado Luiz Henrique Pavan e o advogado Alexandre Puppin.

A posse será realizada em data oportuna. Em nota, o advogado agradeceu o apoio e a confiança sobre a efetivação ao Pleno do Tribunal.

Segue a íntegra da nota divulgada pelo novo juiz titular:

“Recebo com muita humildade e grande senso de responsabilidade, mais uma indicação do Exmo. Sr. Presidente da República, o qual novamente agradeço, agora para o cargo de Juiz Titular do Egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, como representante da classe dos juristas, na qual já atuava como juiz substituto.

Agradeço às Instituições que, conforme previsão constitucional, participaram desse importante processo de escolha, entre elas a Presidência da República, o Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo; o Egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo; o Egrégio Tribunal Superior Eleitoral; a Ordem dos Advogados do Brasil e a Bancada Federal do Espírito Santo.

Agradeço, enfim, a cada um pelo apoio recebido e pela confiança depositada em nosso nome para contribuir com os trabalhos da destacada Justiça Eleitoral Brasileira, pilar da democracia e da legítima soberania popular há 89 anos.

Diante de todo este contexto, tenho certeza que a nossa função perante o TRE-ES é uma missão com oportunidade de melhorar nosso país. Só uma democracia plena e uma Justiça Eleitoral independente, forte, moderna e iluminada pelos ideais e princípios constitucionais e democráticos produz cidadania.

Reafirmo que nunca me faltarão senso de justiça, determinação, imparcialidade, independência, coragem, ética, espírito cívico, equilíbrio e dedicação, em defesa da Constituição da República e do Estado Democrático de Direito, que resguardam o livre exercício da soberania popular em nosso mais avançado processo civilizatório”.

Lauro Coimbra Martins

Redacao InfoJudiciario

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Aposentados e idosos têm oito benefícios, isenções e gratuidades; veja quais são

ter set 21 , 2021
Os que se aposentam por invalidez, por exemplo, podem pedir a imediata quitação da casa própria Quitação de financiamento imobiliário, gratuidade na compra de medicamentos, saque mensal do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os que continuam trabalhando, desconto no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana […]

Rolagem de notícias