11 de agosto: Dia do Advogado, Dia do Magistrado e Dia da Criação dos Cursos Jurídicos

A data 11 de agosto remete ao dia em que foram instituídas, no ano de 1827, pelo imperador Dom Pedro I, as duas primeiras faculdades de Direito no país: a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo, e a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco. Assim, a sua comemoração é uma homenagem ao início do ensino superior das disciplinas jurídicas e sociais em solo brasileiro.

Tão logo se tornou independente de Portugal, o Brasil identificou a necessidade de estabelecimento do ensino do Direito no País.

Dessa forma, em 1823, um projeto de lei determinou a criação das duas universidades. Mas, somente quatro anos depois, seria aprovada a lei de criação das mesmas.

Os primeiros centros de ensino do Direito no Brasil eram também escolas de pensamento, onde eram discutidas ideias como o republicanismo, o abolicionismo e o liberalismo. Saíram delas grandes nomes como Castro Alves, Gonçalves Dias, Joaquim Nabuco e Tobias Barreto, dentre outros. Por isso, nesta data, comemora-se o Dia do Magistrado, Dia do Advogado, Dia do Estudante e Dia da Criação dos Cursos Jurídicos.

Foi a criação dessas escolas que moldou a cultura jurídica nacional brasileira. Uma vez que o país, enquanto colônia, não apresentava uma identidade política própria. Após sua independência se viu forçado a consolidar a elite administrativa, social e intelectual nacional. Neste contexto, surgiu os cursos de Ciências Jurídicas e Sociais no Brasil. A principal finalidade foi a formação de bacharéis para preencher os quadros burocrático-institucionais e compor a nova elite dirigente do Estado recém-independente. Esse fenômeno é denominado pela historiografia como Bacharelismo Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

TJES- 130 anos

qua ago 4 , 2021
No mês de julho o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) completou 130 anos. Em comemoração, várias autoridades se manifestaram. A cerimônia teve início ao som da banda da Polícia Militar, que executou o Hino Nacional e o Hino do Estado do Espírito Santo, além da canção Parabéns a […]

Rolagem de notícias